Na nossa sociedade um comportamento responsável (em relação aos animais) recompensa muito pouco . Comportamento responsável é voluntariamente tentar evitar ou procurar uma resolução dos problemas com os animais, comportamento que as pessoas vêem estar ao alcance das suas possibilidades, mesmo por vezes correndo um certo risco.

É demasiado fácil na nossa sociedade alhear-se quando se vê as dificuldades surgirem. Com outras palavras: é muito fácil fugir das nossas responsabilidades.

Trata-se aqui, por exemplo, do caso de abandonar voluntáriamente a pecuária industrial. Ou, no caso de criadores de animais de estimação, deve poder ser recompensado que o número de crias seja limitado fornecendo só a pedido, e de forma controlável.

As pessoas que escolhem uma forma de trabalho e de vida amiga dos animais deviam por isso serem recompensadas em vez de terem de pagar um preço mais elevado. Isso poderia ser financeiramente regulado no sentido que a empresas operando de forma detestável com os animais seria imposta a mais pesada taxa do IVA enquanto que, por exemplo, a taxa para as empresas operando de forma ecológicamente responsável seria a mais leve.

Ajudaria imensamente se os animais e produtos de origem animal não pudessem ser importados e exportados e a pecuária com gestão ecológica fosse limitada ao mercado nacional. Assim desaparecia para os produtores pecuários a tentação da superprodução.