Em cada vez mais restaurantes e lojas pode-mos vê-lo em formas e tamanhos vários: Um boiäo contendo um ou mais peixinhos dourados. Também se vêem em forma semi-esférica, pendurados e com a parte plana do lado da parede. Recentemente um restaurante numa exposiçäo tinha sobre cada mesa um copo tosco com dois peixinhos a nadar. Havia visitantes que despejavam os resto de cerveja e as beatas nos copos.
Todas as manhäs os peixinhos mortos eram substituidos. Também em programas da televisäo aparecem por vezes como atributo decorativo boiões com peixinhos dourados. Os peixinhos como puro objecto decorativo estäo na moda. Os animais näo säo vistos e tratados como ser vivos por quem "trata" deles, apesar de serem animais muito sensíveis. Os peixes dourados que säo bem tratados chegam a atingir idades entre os 20 e 40 anos. Os que vivem comprimidos nestas vasilhas muitas vezes näo vivem mais que uns dias ou semanas.

Porque razäo é o boiäo inadequado?

Muitos destes peixinhos dourados vivem em boiões. As pessoas näo fazem uma ideia da tortura que isto representa para os peixes.

Mas o que é que está mal?

Em primeiro lugar o boiäo é demasiado pequeno. O conteúdo é geralmente de uns poucos litros, e alguns dos maiores contêm uns 10 a 15 litros. é absolutamente insuficiente para um peixe que precisa de pelo menos 250 litros de água ! A pouca água tende näo só a poluir-se rápidamente, mas também a aquecer demais.
Outra desvantagem da forma esférica do boiäo é que por isso a superfície de água en contacto com o ar é demasiado pequena. Por isso o nível de oxigénio na água tende constantemente a ser demasiado baixo.

Há cerca de mil anos os Chineses começaram a cultivar os peixinhos dourados partindo das carpas douradas. Primeiro viviam em lagos, mais tarde começaram a guardá-los em grandes vasos de cerâmica. Com o decorrer do tempo os peixinhos dourados foram criados de várias formas, espalharam-se por todo o mundo, e tornaram-se cada vez mais populares.
Todos os anos säo criados centenas de milhões, só na Holanda vendem-se todos os anos entre os 5 e os 10 milhões. Disto podemos concluir que a vida destes animais tende a ser bastante curta.

O boiäo também näo é um ambiente interessante e variado, onde possam orientar-se, esconder-se, guardar as distâncias em relaçäo a outros peixes e procurar comida. A possibilidade de se movimentarem é também muito reduzida. Um peixe, até mesmo um peixinho dourado foi feito para nadar uns bons bocados ! Num boiäo só podem voltear sempre em pequenos circulos.

O boiäo é segundo os peritos totalmente inadequado para os peixes viverem. o dr Dieter Jauch, biólogo e director do aquário Wilhelma em
Stuttgart, escreve no seu livro sobre o tratamento de peixinhos dourados, "Peixinhos Dourados no Aquário e no Lago de Jardim" (Tirion Baarn) que "quem mantém os peixes fechados neste tipo de "prisões" comete um abuso contra o animal".

Como se deve entäo tratar dos peixinhos dourados?

O ponto de partida deve ser que os peixes devem poder viver conforme a sua natureza. Um lago espaçoso e profundo é naturalmente o mais apropriado. Mas se os metermos num aquário, este deve ter para um peixe com 15 a 20 cm. uma capacidade de pelo menos 250 litros de água. Isto corresponde a um aquário com as dimensões de 100x50x50 centimetros.
Estas medidas foram recentemente aconselhadas pela revista "O Aquário". Isto é muito diferente do exíguo boiäo! Enquanto os peixes säo ainda pequenos um aquário mais pequeno, mas sempre de forma rectangular, pode ser usado.

Os peixinhos dourados säo animais sociais, e näo devem viver solitários, mas em pequenos grupos de cerca de 10 membros, explicam os peritos. Também muito importante é que os peixes no aquário possam disfrutar dum ambiente interssante e variado. Algumas plantas aquáticas, pedras e um fundo arenoso säo absolutamente necessários. Os peixinhos dourados gostam de nadar em pequenos cardumes. constantemente à procura de comida. O que também gostam muito de fazer é remexer o fundo com o focinho, tal como os porcos fuçam à procura de alimentos. Isto é uma distraçäo de que necessitam e que os mantém em bom estado físico e  mental.

Como abolir o boiäo dos peixinhos dourados?

Primeiro de tudo quem se encarrega dos peixes tem de comprar um aquário comum. é mais caro do que um boiäo, mas proporciona aos peixes dourados o espaço mínimo de que precisam para viver, e também dá muito mais satisfaçäo aos donos.
Em segundo lugar o comércio de animais tem aqui uma grande responsabilidade. é o comércio que tem estes objectos imprestáveis nas lojas, e os vende às pessoas. Muitas pessoas estäo convencidas que estes boiões devem prestar, porque säo vendidos nas lojas especializadas em animais! As lojas especializadas em animais deve ser intimadas a deixar de oferecer estes boiões para venda aos clientes.

Ton Dekker e Marijke Santen

Este artigo foi publicado em 1999 em dezenas de jornais nacionais e regionais, e na rádio e na televisäo.

Fundaçäo para a Protecçäo dos Peixes (fundada a 18 de Dezembro de 2000)
Direcçäo: Caixa Postal 26 2100 aa, Heemstede.
Telefone e Fax: +31-23 - 528 75 74
E-mail: info@vissenbescherming.nl
website: www.vissenbescherming.nl