Falácias a favor de comer carne

Reacçäo

A carne sabe bem

As refeições vegetarianas e veganistas sabem bem

A carne é saudável

(Desde que responsável) a alimentaçäo vegetariana é mais saudável

Comer carne é natural

Comer a carne produzida pela bio-indústria näo o é, e o sistema digestivo humano está adaptado a uma dieta de origem predominantemente vegetal

A carne é indispensável, sem ela adoecemos

Um vegetariano que coma uma dieta variada, näo corre riscos de saúde. Só os veganistas (que näo comem absolutamente nenhum produto de origem animal) têm de ser mais cuidadosos quanto à composiçäo das suas ementas e adicionar doses de vitamina B-12.

Os animais säo para ser comidos, como acontece na natureza

Sim, mas na natureza näo existe práticamente nenhuma espécie que mantenha outros animais desde a nascença à morte em cativeiro (como acontece na bio-indústria) para depois os comer.

Os seres humanos têm necessidade de albumina de origem animal

Durante a digestäo todas as albuminas säo decompostas em amino-ácidos que também existem nas albuminas de origem vegetal. O corpo precisa de amino-ácidos para construir a albumina própria.

Se todos se tornassem vegetarianos haveria mais fome no mundo

Pelo contrário. Se toda a comida fosse bem distribuida näo existiria fome. A alimentaçäo vegetariana é além disso mais barata tanto directa como indirectamente. A agricultura biológica produz 30% menos, mas em contrapartida na produçäo de alimentos vegetais usa-se 86% menos em recursos vegetais do que na produçäo de carne.

Carne, leite, manteiga e ovos säo necessidades primárias

O leite materno é a primeira das necessidade vitais, de resto as crianças podem crescer e viver bem sem estes produtos, desde que a vitamina B-12 seja fornecida como um suplemento.

Na carne existe o tipo de ferro que mais facilita o transporte de oxigénio no corpo. A carne é na nossa alimentaçäo o principal contribuinte deste tipo de ferro.

Isso näo quer dizer que outros tipos de alimentos näo contribuem suficientemente para uma alimentaçäo saudável. Boas alternativas para a carne säo: cereais e päo, batatas, hortaliças e frutas. A forma mais fácil de ingerir suficiente ferro é por meio duma alimentaçäo variada.

Sem carne acaba-se por sofrer de anemias

As hortaliças, sobretudo as verduras, e os cereais completos säo excelentes fontes de ferro. O chá o leite e os ovos travam a absorçäo. A vitamina C e o álcool estimulam a absorçäo.

As doenças que resultam duma alimentaçäo pouco saudável ou demasiado copiosa ou duma vida passada em excessos säo determinadas em 90% por factores culturais ou genéticos.

Uma influência mesmo que relativamente limitada de factores relevantes näo é insignificante ou de desprezar.

As pessoas precisam da força vital do animal que é conservada desde que o animal seja abatido de forma respeituosa.

A força vital desaparece por definiçäo e definitivamente quando o animal é abatido. As pessoas precisam para sobreviverem dos amino-ácidos, sejam eles de origem química ou vegetal.

Este artigo é parte de uma série sobre falácias e demagogia

Há argumentos inválidos no que diz respeito aos seguintes grupos e assuntos.
carnívoros
vegetarianos
defesa da bio-indústria
ignorando os direitos dos animais
a defesa dos direitos dos animais
a caça desportiva
experiências feitas em animais
pesca desportiva
circo
touradas
caça às focas
animais de estimaçäo

Alguns argumentos säo usados frequentemente, mas säo inválidos. O uso destes argumentos - chamados falaciosos - é feito tanto pelos que säo a favor como pelos que säo contra. Colocamos estes argumentos numa coluna (à esquerda) e apresentamos (à direita) o contra-argumento. Para que a discussäo seja clara e honesta.

Clique aqui para ler umas dicas sobre como influenciar comportamentos que maltratam os animais.

vários tipos de argumentos falaciosos.

Falácias são deliberadamente ou acidentalmente usado em um debate. Então, estar ciente dos princípios e da integridade de um adversário. Clique aqui para obter dicas sobre a influência do comportamento animal hostil dos outros.